Existem inúmeros grupos ativistas que fazem grandes esforços para evitar o racismo. Apesar disso, ainda há um longo caminho a percorrer. Algumas pessoas continuam a não entender que a sociedade é de todos nós, e que todos os humanos merecem respeito por igual. Um exemplo disso é a idosa monstruosa que vamos mostrar em seguida. A mulher queria proibir uma mãe e a sua filha de 5 anos de se sentarem no metrô por serem emigrantes.

Idosa racista provoca emigrantes no metrô Iram Martínez, uma fotojornalista, estava no mesmo metrô e decidiu gravar a cena chocante. A idosa de origem espanhola insinuou que a mulher e a sua filha não tinham o direito de se sentar. Isto porque, de acordo com ela, os imigrantes recebem benefícios às custas dos espanhóis, aos quais nem os locais têm direito.

“Sem vergonha. Você não tem o direito de estar aqui. Aqui só se sentam espanhóis. Nós pagamos tudo aos que vêm para aqui… Vamos à Segurança Social e não prestam atenção aos espanhóis.” Estas foram algumas das palavras da mulher racista, que conseguiu desencadear a ira de todos aqueles que presenciaram a cena.

  Pessoas defendem mãe e filha Imediatamente, muitas pessoas ordenaram que a idosa se calasse, especialmente uma mulher vestida de preto: “Sem vergonha é você. Racista… Espero que, se sua família tiver que viajar para fora, não encontre ninguém como você.”

Mais tarde, a senhora racista disse que havia muitas pessoas que estavam quietas porque provavelmente pensavam como ela. Nessa altura, Martinez respondeu: “Eu calei a boca porque tenho vergonha do que ela está dizendo.”

Mais tarde, a fotojornalista refletiu no Facebook: “Em que cabeça é possível pensar que uma pessoa é melhor do que a outra pelo lugar onde nasceu ou pela cor da sua pele? O que eu gostaria de destacar do vídeo é a reação das pessoas ao ataque racista.” Muitas pessoas disseram que ele não tinha o direito de tratar a mãe e a menininha assim, mas nada parecia mudar a sua mente.

Veja o vídeo do incidente abaixo:

Esperamos que este incidente suscite os alarmes de uma realidade preocupante. Ainda existem muitas pessoas que discriminam outras pelo seu país de origem, raça, cultura ou cor da pele. Ainda há muito a fazer contra o racismo.

Não se esqueça de compartilhar este vídeo poderoso e dizer a sua opinião sobre o que esta mulher fez.