Homem encontra filhote abandonado e amarrado em fita adesiva embaixo da ponte.


Há pessoas cruéis que preferem abandonar seu animal de estimação ao invés vez de procurar um novo lar para eles. Alguns são tão brutais que querem garantir que o pobre animal não sobreviverá.
Mas o que Bob Hoelter, de Griffith, Indiana (EUA), encontrou em janeiro, a caminho do supermercado, foi um exemplo de enorme crueldade. Bob geralmente vai de carro fazer compras, mas decidiu nesse dia que seria bom caminhar um pouco – uma decisão que acabaria salvando uma vida.

Enquanto atravessava uma ponte, Bob ouviu um som estranho e parou. O som continuava – era um gemido solitário, terrivelmente triste e lamentável.

Ele olhou pelo parapeito da ponte, mas não conseguiu ver de onde vinha o ruído miserável. Ele correu de volta, desceu até a margem do rio e olhou embaixo da ponte com a ajuda de uma lanterna.

O que ele encontrou partiu seu coração. Havia um filhote de cachorro encharcado, tremendo de frio e encolhido. Como se não fosse ruim o bastante, o focinho do cachorro havia sido enrolado com fita adesiva.

Bob ficou chocado. No entanto, ele não ousava retirar a fita adesiva por contra própria, com medo de machucar o filhote, mas ele também sabia que não havia tempo a perder. Bob pegou o cão nos braços, o enrolou em sua jaqueta e o levou ao veterinário local mais próximo.

Lori Kovacich, que trabalha na recepção do hospital de animais, pulou da cadeira quando viu Bob entrar com o pobre animal em seus braços. Quando viu o que ele tinha no focinho, ela tirou o filhote de cachorro de suas mãos sem perguntar nada e correu para os médicos. Bob ficou aliviado, porque o cachorrinho iria receber ajuda. Ele simplesmente saiu e continuou a caminho do supermercado.


Os veterinários logo entraram em ação. Bob tinha feito bem em não mexer na fita adesiva. Os médicos tiveram que ser extremamente cuidadosos ao libertar o focinho do cão de 4 meses, já que a pele embaixo da fita havia ficado machucada e infeccionada. Ele havia ficado preso a ela por um dia inteiro.

Felizmente, o cachorrinho se recuperou bem após os cuidados intensivos que recebeu. Com remédios, boa comida e carinho, ele logo se sentia bem melhor.

Como um raio X mostrou, ele também tinha uma perna quebrada. Provavelmente alguém o havia jogado da ponte.

Ele rapidamente encontrou um novo lar: Mary e Doug Witting haviam recentemente perdido seu amado cão e estavam ansiosos para adotar “Louie”, como eles o chamariam.

No hospital, ainda não se sabia quem era o salvador de Louie. Foi apenas algumas semanas depois, quando a sobrinha de Bob viu a história do filhote no Facebook, é que ela foi contar ao tio o que havia acontecido com o animal que ele havia resgatado. Bob entrou em contato com os responsáveis por Louie e foi visitá-lo antes que ele deixasse o hospital.

Ele não esperava que Louie o reconhecesse. Porém, assim que Bob apareceu, o cão não se segurou e foi em sua direção, pulou em seus braços e lambeu o seu rosto. Bob começou a chorar de emoção!

Ele está muito feliz que Louie esteja em uma boa casa nova – e ele está incrivelmente feliz por não ter pego o carro naquele dia.



Sahred From Source link Entertainment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *