Esta mulher atravessou meio mundo para encontrar o cachorro que salvou sua vida


O laço profundo que pode ser estabelecido entre um ser humano e um animal é algo extraordinário. O mundo está cheio de episódios que testemunham como os amigos de quatro patas sabem como fazer a diferença ao lado das pessoas. Eles são capazes de realizar atos de pura coragem ou simplesmente tornar a vida mais plena, oferecendo seu amor incondicional todos os dias. A história em questão é a de uma mulher e um cachorrinho que salvou sua vida.

O caso aconteceu em julho de 2015, quando Georgia Bradley, então com 25 anos de idade e residente na Inglaterra, estava de férias em Creta, na Grécia. A moça andava sozinha na praia quando, de repente, dois homens se aproximaram dela e tentaram estuprá-la. De repente, do nada, surgiu um cão de rua que, notando a situação, correu para ajudar a Geórgia, começando a latir e rosnar para os criminosos.

O animal fez tanto barulho que os bandidos logo foram embora. Tendo escapado do perigo, a mulher decidiu levar o cachorro com ela, chamando-o Pepper. Quando chegou ao hotel onde estava hospedada, contou o que havia acontecido para os amigos com quem dividia o apartamento.


Uma conexão forte foi imediatamente estabelecida entre a garota e Pepper, como se os dois se conhecessem há muito tempo. Quando chegou a hora de partir para o Reino Unido, Georgia foi forçada a deixar o cão. Despedida comovente para ambos, tanto que o animal permaneceu por muito tempo olhando o carro com o qual o grupo se afastou.

Assim que chegou em casa, Georgia não conseguia parar de pensar em Pepper, então, duas semanas depois, ela pegou um avião novamente para voltar a Creta e levar sua nova melhor amiga com ela. A mulher estava ciente de como a idéia era louca, pois havia poucas possibilidades de encontrar o animal no mesmo lugar novamente.

A aventura durou cerca de cinco semanas e custou milhares de libras, mas depois de tantas buscas, Georgia e Pepper finalmente conseguiram se abraçar novamente, dessa vez para nunca mais se separar. A história tem um duplo final feliz porque antes de introduzir o cachorrinho no país era necessário deixá-lo em quarentena segundo as normas sanitárias. Depois desses dias, os veterinários informaram à Georgia que Pepper estava grávida, dando à luz seis filhotes lindos em plena saúde como sua mãe.



Sahred From Source link Entertainment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *